Entrevistas

CONSANAS Hospital da Prelada: “Há vida depois do AVC”

25 Jun. 2021

Com décadas de história na reabilitação de doentes, o CONSANAS Hospital da Prelada desenvolveu, através de uma parceria internacional entre a Misericórdia do Porto e a Boehringer Ingelheim Healthcare Management Portugal, um projeto inovador especializado na reabilitação do doente com acidente vascular cerebral (AVC). O Dr. Renato Nunes, coordenador clínico, abriu as portas do centro especializado à My Neurologia, e explicou como a vocação do centro, segundo o próprio, é promover que “uma mudança do estado de saúde (do doente) se traduza em algo que lhe traga maior capacidade de participar ativamente na sociedade”. Assista ao vídeo.

 

O objetivo é ter os doentes numa fase mais inicial iniciando um programa integral de forma mais precoce, que seja intensivo, mas também abrangente, ou seja, que contemple todos os problemas que o doente apresente, refere o Dr. Renato Nunes.

Os doentes de AVC podem sofrer de alterações cognitivas e motoras, cujo tratamento passa por uma intervenção terapêutica especializada. Um dos aspetos diferenciadores do hospital é, precisamente, o investimento nestas áreas de reabilitação neuromotora, determinantes na recuperação do doente. Habitualmente, reabilitação desenvolve-se entre 40 a 60 dias para doentes com AVC grave, moderado ou ligeiro.

O tratamento passa por um plano organizado e personalizado, não só de treino e de intervenção direta, mas também de uma parte funcional orientada para a tarefa para quando o doente regressar ao seu domicílio ter capacidade de executar o que for necessário.

O centro dispõe de equipamentos tecnológicos diversos e avançados, o que permite uma reabilitação transversal do doente. “A diferenciação, além da equipa e dos recursos humanos que temos, passa também pelo equipamento que é definido para tratar todas as alterações, como exosqueletos para tratar os membros superiores, técnicas avançadas para tratar a disfagia, estudo de meios de comunicação alternativos, e meios para tratar a capacidade de andar através de dispositivos computorizados”, explica o coordenador clínico.

O CONSANAS Hospital da Prelada dispõe, para além da tipologia tradicional de internamento, um serviço pioneiro de Hospital de Dia, que se dirige aos doentes com AVC ligeiro que necessitem de recuperar funcionalidades específicas, mas que mantêm a autonomia para pernoitarem nas suas casas.

Assim, é dada uma resposta integral, a todos os doentes de AVC, com foco na sua recuperação eficaz, para que possa retomar, com o mínimo de limitações, o seu papel no trabalho, na família, na sociedade, e na sua vida.

CONSANAS

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

Opinião

Crises epilépticas e epilepsias em diferentes ambientes hospitalares
Dr. Nuno Canas, neurologista e neurofisiologista clínico do Hospital Beatriz Ângelo
Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

PUB

Apoios

LillyNovartisSanofi