Atualidade

Doentes não mudam os comportamentos depois de um AVC ou enfarte

09 Mar. 2020

Um estudo europeu que envolveu seis países, entre os quais Portugal, concluiu que uma percentagem significativa de doentes não muda os seus comportamentos depois de sofrer um enfarte agudo do miocárdio e/ou um acidente vascular cerebral (AVC).

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Crises epilépticas e epilepsias em diferentes ambientes hospitalares
Dr. Nuno Canas, neurologista e neurofisiologista clínico do Hospital Beatriz Ângelo

Apoios

Akcea