Newsletter

Atualidade

Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental distingue trabalhos jornalísticos em saúde mental
14 Nov. 2022

A Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM) voltou a distinguir trabalhos jornalísticos que fomentam a difusão e sensibilização da população para questões relacionadas com as doenças mentais. Na sua 2ª edição, a SPPSM recebeu um número recorde de candidaturas.

SPAVC abre candidaturas para Bolsa de Investigação Prof. Castro Lopes
14 Nov. 2022
A Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC) tem atribuído, todos os anos, uma bolsa de investigação para projetos dedicados ao estudo do acidente vascular cerebral. No ano de 2023 não será diferente e a SPAVC volta a atribuir esta bolsa no montante de 5000 €, agora denominada Bols ...
ECTRIMS: novos dados demonstram que cladribina melhorou a qualidade de vida dos doentes
02 Nov. 2022
A Merck anunciou a apresentação de 39 resumos no 38.º Congresso do European Committee for Treatment and Research in Multiple Sclerosis (ECTRIMS), que decorreu de 26 a 28 de outubro de 2022 em Amesterdão, na Holanda. A abrangência de dados na esclerose múltipla (EM) inclui a apresentação de u ...

Entrevistas

A interdisciplinaridade e a conjugação de saberes: o balanço do Congresso Nacional de Neurologia 2022
Dr.ª Isabel Luzeiro

De 17 a 19 de novembro, Aveiro foi palco da interdisciplinaridade em Neurologia, o lema eleito para o congresso nacional da especialidade que juntou profissionais vocacionados para diversas vertentes não só da Neurologia, mas também assistentes sociais, enfermeiros, administradores, uma cidadã comum, entre outros, no fundo para atingir o objetivo pretendido pela rede de neurologistas no seu trabalho diário, ou seja, a conjugação entre inúmeros especialistas para que se ocorra um “resultado majorado”. Assista ao balanço do evento submetido pela presidente da Sociedade Portuguesa de Neurologia (SPN), Dr.ª Isabel Luzeiro.

PHDA no adulto: uma perturbação “subdiagnosticada”
Prof. Doutor Carlos Nunes Filipe

Na perturbação de hiperatividade e défice de atenção (PHDA) tem havido um subdiagnóstico que começa logo nas crianças e que se pode estender para o adulto, tendo sido sobre esta última população o ponto de análise na sessão apresentada pelo psiquiatra Prof. Doutor Carlos Nunes Filipe, docente na NOVA Medical School – Faculdade de Ciências Médicas, no Congresso Nacional de Neurologia. De acordo com o especialista, esse subdiagnóstico é superior nos adultos e, em entrevista, apresenta as razões. Assista ao depoimento em vídeo.

Agenda

Agenda News Farma

Opinião

Crises epilépticas e epilepsias em diferentes ambientes hospitalares
Dr. Nuno Canas, neurologista e neurofisiologista clínico do Hospital Beatriz Ângelo
Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

PUB

Apoios

LillyNovartisRocheSanofi