Internacional

Células estaminais da medula óssea podem atrasar o desenvolvimento da esclerose lateral amiotrófica, revela estudo internacional

03 Set. 2018

A administração de células estaminais mesenquimais (MSC) da medula óssea origina uma redução da inflamação, da progressão e da gravidade da esclerose lateral amiotrófica (ELA). A conclusão resulta de um tratamento recentemente testado na Coreia do Sul em doentes com esta patologia.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

Apoio

Merck

My Neurologia é um projeto editorial da responsabilidade da News Farma, possível com o apoio da Merck.