Entrevistas

Esclerose múltipla: aspetos cognitivos e emocionais podem ser piores do que as limitações físicas

09 Jul. 2018

Em Portugal, a esclerose múltipla (EM) afeta cerca de oito mil pessoas, atingindo maioritariamente jovens em idade ativa, que veem os seus sonhos e projetos adiados. Contudo, “o futuro é promissor” em termos de terapêuticas, avança Susana Protásio, vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), que encoraja os doentes a que, enquanto não se chega a uma cura, assumam “que a doença os acompanha, mas não os define”.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

Apoio

Merck

My Neurologia é um projeto editorial da responsabilidade da News Farma, possível com o apoio da Merck.