Entrevistas

Estudo dá a conhecer dados “preocupantes” sobre a Saúde Mental dos enfermeiros

29 Abr. 2018

O estudo “Saúde Mental dos Enfermeiros Portugueses” foi realizado por um grupo de investigadores ligados ao Centro de Investigação Interdisciplinar em Saúde da Universidade Católica Portuguesa (UCP). Em entrevista ao My Neurologia, um dos autores do estudo, o Prof. Doutor Paulo Seabra, dá a conhecer alguns dos números da investigação, que caracteriza como “preocupantes”.

De acordo com o também coordenador do mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica do Instituto de Ciências da Saúde da UCP, 60% dos enfermeiros apresenta uma perceção negativa da sua Saúde Mental.

Neste sentido, o especialista nesta área considera ser importante analisar cuidadosamente os fatores que podem influenciar a Saúde Mental destes profissionais, nomeadamente a "organização dos horários e a dimensão da carga de trabalho".

Os dados do estudo foram analisados no segundo dia do V Congresso dos Enfermeiros, que decorreu entre os dias 27 e 29 de abril, no Centro de Congressos de Lisboa.

 

gerais 5

 

 

Newsletter

Opinião

Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

Apoio

Merck

My Neurologia é um projeto editorial da responsabilidade da News Farma, possível com o apoio da Merck.