Atualidade

Start up portuguesa quer ajudar no diagnóstico precoce das doenças neurodegenerativas

05 Fev. 2018

Trazer precisão a nível de diagnóstico às doenças neurodegenerativas de difícil de diagnóstico é a principal ambição da NeuroPsyCad. Através da análise de imagens por ressonância magnética e de algoritmos de inteligência artificial, a start up portuguesa, cujo CEO é o Prof. Doutor Hugo Ferreira, funciona como um suporte de diagnóstico da doença de Alzheimer e de Parkinson.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

Apoio

Merck

My Neurologia é um projeto editorial da responsabilidade da News Farma, possível com o apoio da Merck.